domingo, 11 de dezembro de 2016

Liturgia Diária Comentada 12/12/2016 Segunda-feira

3ª Semana do Advento - 3ª Semana do Saltério
Prefácio de Nossa Senhora I ou II - Ofício da Festa
Glória - Cor: Branco - Ano “A” Mateus

Antífona: Alegremo-nos todos no Senhor, celebrando a festa de Nossa Senhora de Guadalupe; conosco alegram-se anjos e glorificam o Filho de Deus.

Oração do Dia: Ó Deus, que nos destes a santa virgem Maria para amparar-nos como mãe solícita, concedei aos povos da América Latina, que hoje se alegram com sua proteção, crescer constantemente na fé e alcançar o desejado progresso no caminho da justiça e da paz. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Primeira Leitura: Carta de São Paulo aos Gálatas 4,4-7

Irmãos, quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva. E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: Abá - ó Pai! Assim, já não és mais escravo, mas filho; e se és filho, és também herdeiro: tudo isso, por graça de Deus. - Palavra do Senhor.

Nossa Senhora de Guadalupe - 12 de dezembro - Festa

Perfeita, sempre Virgem Santa Maria, Mãe do Verdadeiro Deus, por quem se vive. Tu que na verdade és nossa Mãe Compassiva, te buscamos e te clamamos. Escuta com piedade nosso pranto, nossas tristezas. Cura nossas penas, nossas misérias e dores. Tu que és nossa doce e amorosa Mãe, acolhe-nos no aconchego do teu manto, no carinho de teus braços.

Que nada nos aflija nem perturbe nosso coração. Mostra-nos e manifesta-nos a teu amado Filho, para que Nele e com Ele encontremos nossa salvação e a salvação do mundo.

Santíssima Virgem Maria de Guadalupe, Faz-nos mensageiros teus, mensageiros da Palavra e da vontade de Deus. Amém.

domingo, 7 de agosto de 2016

Católicos com Jesus e O Cristão Católico unidos na evangelização

Agora é oficial, o Blog Revista “O CRISTÃO CATÓLICO”, está definitivamente no ar, e você que sempre confiou em nosso trabalho no “Católicos com Jesus”, por favor, continue nos apoiando nesta evangelização, lembre-se: “sem a ajuda dos irmãos pouco poderemos fazer”.

Deus em sua infinita misericórdia utiliza-se dos fracos para confundir os fortes e é incrível como Ele sempre nos conduz a águas mais profundas. Ha alguns anos Esse Pai das Misericórdias vem utilizando-se da pequenez de seus servos para a evangelização dos fieis cristãos. Graças à ajuda de irmãos e irmãs - sacerdotes e leigos - estamos cumprindo a missão confiada.

Agradecemos a todos que conosco aceitaram esse chamado, mas, Deus sempre quer mais, - foste fiel no pouco... - agora Ele nos chama para um algo maior e esperamos poder contar com a ajuda de todos os irmãos e irmãs para que isso possa acontecer.

Iniciamos um projeto de Blog Revista “O CRISTÃO CATÓLICO”, http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/  - nova roupagem, assuntos mais específicos, uma maior profundidade nos temas, todas as matérias agrupadas um blocos para facilitar a pesquisa.

Você que sempre confiou e apoiou nossa evangelização através do “Católicos com Jesus”, pedimos mais esse voto de confiança e nos ajude na divulgação.

Por favor, se ainda não é assinante CADASTRE SEU E-MAIL, se já é assinante do “Catequese Cristã Católica”, faça um novo cadastro, agora no Blog Revista “O CRISTÃO CATÓLICO”, isso será muito importante junto aos mecanismos de busca da internet.

Em breve estaremos desativando o “Católicos com Jesus”, por isso pedimos a compreensão de todos e solicitamos que migrem para “O CRISTÃO CATÓLICO”, basta acessar a nossa pagina e cadastrar seu e-mail.

Pedimos desculpas pelo incomodo, mas todo crescimento exige esforço. Agradecemos a compreensão e esperamos poder continuar contando com a sua participação em nossa evangelização.

O Cristão Católico

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia

Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

segunda-feira, 25 de abril de 2016

A misericórdia e o pecado - Catecismo da Igreja Católica


 O Evangelho é a revelação, em Jesus Cristo, da misericórdia de Deus para com os pecadores. (01) O anjo assim o disse a José: “Pôr-Lhe-ás o nome de Jesus, porque Ele salvará o seu povo dos seus pecados(Mt 1,21), o mesmo se diga da Eucaristia, sacramento da Redenção: “Isto é o meu sangue, o sangue da Aliança, que vai ser derramado por todos para a remissão dos pecados(Mt 26,28). (CIC-1846)

Deus, que nos criou sem nós, não quis salvar-nos sem nós(2). O acolhimento da sua misericórdia exige de nós a confissão das nossas faltas. “Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e para nos purificar de toda a maldade(1Jo 1,8-9). (CIC-1847) 

Liturgia Diária Comentada 25/04/2016 Segunda-feira


5ª Semana da Páscoa - 1ª Semana do Saltério
Festa: SÃO MARCOS EVANGELISTA
Prefácio dos Apóstolos II - Ofício da festa
Cor: Vermelho - Glória -Ano Litúrgico “C” Lucas

Primeira Leitura: Primeira Carta de São Pedro 5,5b-14

Caríssimos, revesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes.

Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte. Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois ele é quem cuida de vós. Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. Resisti-lhe, firmes na fé, certos de que iguais sofrimentos atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora. Depois de terdes sofrido um pouco, o Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo, vos restabelecerá e vos tornará firmes, fortes e seguros. A ele pertence o poder, pelos séculos dos séculos. Amém.

Por meio de Silvano, que considero um irmão fiel junto de vós, envio-vos esta breve carta, para vos exortar e para atestar que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes. A igreja que está em Babilônia, eleita como vós, vos saúda, como também, Marcos, o meu filho.

Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno. A paz esteja com todos vós que estais em Cristo. - Palavra do Senhor. 

domingo, 24 de abril de 2016

Três dimensões da vida cristã: anúncio, intercessão e esperança


Anunciar Jesus a custo de dar a vida, como faziam os Apóstolos

“Jesus está vivo! Este – recordou – é o anúncio dos Apóstolos aos judeus e pagãos de seu tempo, e que foi testemunhado também com a sua vida, com o seu sangue”.

“Quando João e Pedro foram levados ao Sinédrio, depois da cura do paralítico, e os sacerdotes os proibiram de falar do nome de Jesus, da Ressurreição; eles, com toda a coragem e a simplicidade diziam: ‘Não podemos nos calar sobre o que vimos e ouvimos, o anúncio. E nós, cristãos pela fé, temos o Espírito Santo dentro de nós, que nos faz ver e escutar a verdade sobre Jesus, que morreu por nossos pecados e ressuscitou. Este é o anúncio da vida cristã: Cristo é vivo! Cristo ressuscitou e está entre nós na comunidade, nos acompanha no caminho”.
 
Muitas vezes, comentou, “fadigamos em receber este anúncio, mas Cristo ressuscitado é uma realidade e é necessário dar testemunho disso”, como afirma João. 

Liturgia Diária Comentada 24/04/2016 Domingo


Primeira Leitura: Atos dos Apóstolos 14,21b-27

Naqueles dias, Paulo e Barnabé voltaram para as cidades de Listra, Icônio e Antioquia. Encorajando os discípulos, eles os exortavam a permanecerem firmes na fé, dizendo-lhes: “É preciso que passemos por muitos sofrimentos para entrar no Reino de Deus”. Os apóstolos designaram presbíteros para cada comunidade. Com orações e jejuns, eles os confiavam ao Senhor, em quem haviam acreditado. Em seguida, atravessando a Pisídia, chegaram à Panfília. Anunciaram a palavra em Perge, e depois desceram para Atália. Dali embarcaram para Antioquia, de onde tinham saído, entregues à graça de Deus, para o trabalho que haviam realizado. Chegando ali, reuniram a comunidade. Contaram-lhe tudo o que Deus fizera por meio deles e como havia aberto a porta da fé para os pagãos. - Palavra do Senhor. 

sábado, 23 de abril de 2016

O que é um Conclave?


O Conclave, que vem do latim cum clave (fechado), foi instituído apenas em 1271 pelo Papa Gregório X e a obrigação do voto secreto só surgiu a partir de 1621. A obrigação do segredo dos Cardeais durante e após o Conclave veio apenas com o papado de Pio X, e que incluía também a obrigatoriedade da conservação da documentação em arquivos. Em 1922, um Motu Próprio de Pio XI determinou a espera de 15 dias para iniciar o Conclave, a fim de aguardar a chegada dos cardeais de todo o mundo. A Constituição Apostólica Vacantis Apostolicae Sedis, de 8 de dezembro de 1945, do Papa Pio XII, determinou a maioria de 2/3 mais 1 dos votos dos Cardeais. O Motu Próprio Summi Pontificis electio, de João XXIII teve por objetivo uma simplificação do processo eleitoral. As listas das votações deveriam ser conservadas em um arquivo e consultadas somente com a autorização de um Papa. As anotações dos cardeais também deveriam ser conservadas e não queimadas como no tempo de Pio XII e por fim, deveriam ser queimadas somente as cédulas eleitorais.

Liturgia Diária Comentada 23/04/2016 Sábado


Liturgia Diária Comentada 23/04/2016 Sábado
4ª Semana da Páscoa - 4ª Semana do Saltério
Prefácio pascal - Ofício próprio
Cor: Branco - Ano “C” Lucas

Primeira Leitura: Atos dos Apóstolos 13,44-52

No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a palavra de Deus. Ao verem aquela multidão, os judeus ficaram cheios de inveja e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia. Então, com muita coragem, Paulo e Barnabé declararam: “Era preciso anunciar a palavra de Deus primeiro a vós. Mas, como a rejeitais e vos considerais indignos da vida eterna, sabei que nos vamos dirigir aos pagãos. Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu: ‘Eu te coloquei como luz para as nações, para que leves a salvação até os confins da terra’”.

Os pagãos ficaram muito contentes, quando ouviram isso, e glorificaram a Palavra do Senhor. Todos os que eram destinados à vida eterna, abraçaram a fé. Desse modo, a palavra do Senhor espalhava-se por toda a região. Mas os judeus instigaram as mulheres ricas e religiosas, assim como os homens influentes da cidade, provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé e expulsaram-nos do seu território. Então os apóstolos sacudiram contra eles a poeira dos pés, e foram para a cidade de Icônio. Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo. - Palavra do Senhor.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Quanto vale uma Missa? O que se ganha com uma Missa?

São Tomás e São Boaventura, os dois doutores da Igreja, ensinam que o Santo Sacrifício da Missa é de valor infinito, tanto pela Vítima que é ai oferecida, que é o Corpo e Sangue, a alma e Divindade de Nossa Senhor Jesus Cristo que principalmente o oferece. No entanto, muitos há que o têm em tão pouca estima que colocam este tesouro sacratíssimo, abaixo do mínimo interesse.

E se, até aqui, este santo Sacrifício era para eles um tesouro oculto, agora que lhe conhecem o valor infinito, tomem a resolução de aproveitá-lo, assistindo à Santa Missa, todos os dias! Para a isso mais incitá-lo, vou contar uma história apavorante, que será a conclusão desta obra.

Enéias Silvio Piccolomini, mais tarde Pio II, refere que em certa região da Alemanha havia um fidalgo de grande linhagem que, tendo caído na pobreza, vivia retirado em uma de suas terras.

Aí acabrunhado pela melancolia, estava prestes deixar-se dominar pelo desespero, e satanás o impelia, cada dia, a pôr uma corda ao pescoço a fim de dar cabo da vida.